Câmeras de segurança são instaladas em São Sebastião

Política

Câmeras de segurança são instaladas em São Sebastião

Carlos Antônio

Jornalista
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal Câmeras de segurança são instaladas em São Sebastião

 

Desde segunda-feira a equipe da empresa contratada pela Secretaria de Segurança Pública vem instalando as câmeras de vigilância em vários pontos em São Sebastião, ao todo serão 24 câmeras dentre elas 3 unidades capazes de ler as placas automaticamente para a central de monitoramento.

O Levantamento foi feito em 2018 em conjunto com o CONSEGUE na presidência de Luciene Cordeiro, que em live informou que o mapeamento realizado em 2018 em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública contabilizava a necessidade de mais de 80 pontos de câmeras.

O planejamento das equipes de instalação/configuração prevê que até nessa sexta 24/07 todos os pontos instalados já estejam em funcionamento.

Monitoramento no Batalhão

O projeto prevê que no 21 Batalhão de polícia de São Sebastião seja instalado uma central de monitoramento para acompanhar as imagens, o comandante Major Panisset em entrevista afirmou a grande importância das câmeras, “Para colocar policiais presenciais nesses locais, iriamos precisar de dezenas de policiais, e com apenas 2 policiais atentos as câmeras você e economiza esse efetivo e ganha na qualidade, você consegue congelar uma imagem, você consegue voltar uma imagem, qual a placa desse carro ai, puxa, volta manda uma viatura lá”.

Grupos de WhatsApp

Em entrevista com o Comandante Major Panisset, discutimos sobre a atuação da PM em São Sebastião e as principais ações no atendimento e no combate ao crime, ele informou que foram criados diversos grupos no WhatsApp com os comerciantes para uma resposta mais efetiva e alternativa ao 190, outro grupo criado foi com os diretores de escolas e com professores, antes da pandemia a medida vinha trazendo tranquilidade em aulas para os professores que diretamente podiam solicitar a presença da PM para denunciar uma agressão, um aluno armado ou até mesmo movimentos do tráfico de Drogas nas portas das escolas.


Entramos em contato com a Assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança pública para mais informações, até a publicação da matéria não obtivemos resposta.

Entramos também em contato com a Assessoria de comunicação da Administração Regional de São Sebastião, mas até a publicação da matéria não obtivemos resposta.