Projeto do bairro alto Alto Mangueiral planeja grandes derrubadas na vila do boa

Política

Projeto do bairro alto Alto Mangueiral planeja grandes derrubadas na vila do boa

Carlos Antônio

Jornalista
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal Projeto do bairro alto Alto Mangueiral planeja grandes derrubadas na vila do boa

A Governo do Distrito Federal e a CODHAB anunciou em junho de 2019 o Alto Mangueiral mais um empreendimento imobiliário para combater o déficit habitacional, que hoje está estimada em 200 mil famílias.

 

O Projeto do novo bairro serão destinados os cadastrados na lista da faixa 4 dos inscritos na Codhab, com renda de até 12 salários mínimos e irá substituir o antigo projeto, o bairro Nacional destinado para famílias inscritas na Codhab com a faixa renda 1.

O novo bairro foi anunciado em meio a uma decisão judicial em segunda instância desfavorecendo o GDF e favorecendo a atual cessionária do terreno, a ICENNA – Cerâmica Nacional. O termo de concessão do terreno nº 333/2002 concedido até 2052, reconhecido na justiça como inconstitucional e milagrosamente mantido por uma decisão de 2º instância dava o direito de a olaria continuar com o uso do terreno destinado para o Bairro Nacional até o fim do contrato.

Mesmo com o direito de recorrer o GDF anunciou o novo bairro alarmando toda uma cidade conhecedora desse impasse jurídico de décadas. Todo esse impasse foi explicado em um documentário produzido por esse site. Assista no youtube: https://youtu.be/Wzl-GtdqW7U

A equipe do nosso site teve todo o acesso ao processo de licenciamento no Ibram para o parcelamento e implantação do novo bairro, todo o processo corre em um ritmo acelerado. O processo foi solicitado por uma cooperativa situada em Samambaia que claramente está sendo usada de LARNAJA em um esquema junto com o GDF para o desvio da destinação do terreno.

A ICENNA que lutou anos e anos pelo comprimento do temo de concessão hoje comemora a implantação de um bairro com os novos moldes.

Todo o conchavo criminoso visando simplesmente o lucro em um projeto avaliado em mais de R$ 1 Bilhão de reais, estará a deixar um grande estrago na vida de milhares de pessoas carentes em São Sebastião. O desvio da destinação do empreendimento para as famílias com renda de até 12 salários mínimos é o principal fator de desigualdade.

Um outro fator que pega diversas famílias de surpresa é que foram iludidas com diversas reuniões do Administrador Regional de São Sebastião Alam Valim e o Diretor de Regularização Fundiária da Codhab Leonardo Firmo, prometendo a uma pequena e muito resistente expansão de um bairro chamado Vila do Boa, que parte dela passa por um processo de regularização fundiária, mas na sua grande maioria não estaria no processo de regularização.

Essa outra parte dessa expansão que não estaria no processo de regularização hoje está chegando próximo ao bora manso, confiou nas palavras do Administrador da cidade Alan Valim e o Leonardo da Codhab que o empreendimento não seria implantado da pista para baixo.

Mas o Estudo Preliminar de Urbanismo anexado pela COOPERATIVA das mulheres de Samambaia (COOPERMUSA) ao IBRAM demonstra o contrário, além de promover uma grande operação de desocupação em frente a olaria, ainda demonstra a perca do segundo equipamento público, um campo de futebol que fica nos fundos da escola classe do bairro.

Todo o processo de implantação do bairro vem correndo de uma maneira não transparente e completamente irregular. Nossa equipe já faz uma denuncia formal ao Ministério Público contra a COOPERMUSA, ICENNA e CODHAB para explicações do acordo feito entre o conchavo.

Os moradores dessas áreas prometidas para regularização merecem respeito e a verdade dos gestores públicos, o Administrador Alam Valim e o Diretor Leonardo devem falar a verdade a população. Tais anúncios irresponsáveis e criminosos são cabíveis de processos civis públicos.

São Sebastião está cansado de ser o quintal de grandes condomínios.

Diga não ao Alto Mangueiral, Diga sim ao Bairro Nacional

 

Assista ao nosso documentário no youtube: https://youtu.be/Wzl-GtdqW7U 

 

Siga Carlos Antônio no Instagram e Facbook
Instagram: @carlosantoniodf

Facebook: @carlosantoniodf

YouTube: @carlosantoniodf